Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

Euro em Cabo Verde

Muitas são as vozes que vêm afirmando que a adopção da moeda única europeia seria uma vantagem para a economia cabo-verdiana, apesar do nosso escudo ser uma moeda forte.

É a vez de ouvirmos os cabo-verdianos opinarem se querem ou não o euro nas carteiras.

A pergunta está já no site e aqui no seu blog já abrimos o debate como vem sendo habitual.

Deixe-nos a sua opinião.
tags:
publicado por SAPO Cabo Verde às 13:49
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Anónimo a 24 de Abril de 2008 às 08:47
Boa questão a do Euro ser moeda nacional.
Na minha opinião, seria útil se tivessemos ou alguns direitos da mesma forma que os europeus têm. Exemplo, transitar dentro da Europa como todos. E não como os europeus nomeadamente portugueses fazem, apanham um avião e entram em CV como se tratasse de ir de Lisboa para o Porto de Avião.
Caso não tivermos tais direito , porque mudar algo que é nosso para algo que não traria benefícios a todos? Traria somente para alguns.


De Mário Francisco a 24 de Abril de 2008 às 09:55
Meu/minha amigo/a
Já fui duas vezes a CV mas em nenhuma delas me senti a viajar de Lisboa para o Porto. Desde logo antes das viagens tive de ir à Embaixada de CV em Lisboa e largar lá uma pipa de euros por causa do visto; e como se não bastasse, ainda tive de perder muito tempo no aeroporto em CV no controlo alfandegário. Só depois das burocracias e gastos é que me pude sentir em CV como em minha casa.


De Paulo Moniz Afonso a 28 de Abril de 2008 às 07:13
Acontece exacta/ a mesma coisa para uma caboverdiano que pretende entrar em pt, burocracias, preços para simplesmente pedir o visto exagerados, a espera no aeroporto d lisboa é igual senao pior do que em cv, entre outras coisas...mas a questao que se poe aqui nao é esta...
é complicado estarmos a afirmar o que quer que seja sobre vantagens ou desvantagens do euro em cv, mas são muitos os portugueses que afirmam que a entrada do euro em pt apenas aumentou o custo de vida no pais, sera que com cv sera diferente?


De Paulo Moniz Afonso a 28 de Abril de 2008 às 07:48
Meu amigo isso nunca hao de facilitar e sabes porque? Cabo Verde é aquele que todos dizem "este pais nao tem recursos mas é um exemplo para os paises africanos..." e acaba ali...temos cabeça, o que a maior parte dos paises africanos ou nao, nao tem, mas nao temos mercado, nao temos nada que eles possam sugar, nao temos tamanho e acho que ainda nao temos petroleo...esta é a nossa sina amigo, xpera pa azagua da


De Nivaldo Vicente a 1 de Maio de 2008 às 11:08
Penso que esta adopção do Euro em Cabo Verde, como é lógico, teria vertentes positivas e negativas. Em termos comerciais o impacto seria significativo uma vez que a grande fatia dos investidores em CV negoceia em euros, outra vantagem também incontestável, seria a conquista da credibilidade necessária para se conseguir melhores condições com as instituições de crédito internacionais sempre necessários para o andamento de qualquer economia (principalmente da nossa).
No entanto também sabemos que o custo de vida irá, indubitavelmente, aumentar aliás como acontece quando há qualquer troca de moeda corrente uma vez que os ajustes e as aproximações são feitas sempre para cima e o EURO meus amigos, mais do qualquer outra moeda, tem esse dom. O que irá acontecer é que por exemplo, um produto que custe actualmente 250cve passará a custar os 2,5EUR pela lógica que se percebe. A verdade é que nestae pequeno exemplo o comprador já estará a perder 25 escudos. Imaginem este exemplo à escala industrial, empresarial, familiar...
Devemos estar conscientes que qualquer medida que possamos assumir terá pontos fortes e fracos, a inteligência está em conseguirmos pesá-los numa balança e apercebermo-nos o que é vantajoso para o todo (entenda-se maioria) e não para a parte.
Acreditem que para países com economias de longe mais estáveis que a nossa, como é o caso português - que conheço bem, o impacto do euro ainda hoje é discutido, as remunerações não aumentaram o suficiente para acompanhar a subida do custo de vida, e a 'facilidade' aos créditos não conseguiu atenuar o impacto do peso da inflação, enquanto que em países ainda mais estáveis como o caso dos países mais para o Norte, esta dúvida não existe, porque realmente foi facilmente adoptada.
O que pergunto é: Este exemplo europeu não será suficiente para percebermos talvez ainda não estejamos preparados para assumir o euro como 'nossa'?Talvez daqui a uns anos, mas hoje????? Duvido...


De Manuel semedo a 24 de Abril de 2008 às 12:25
Na minha opinião Cabo Verde deveria adoptar o Euro como moeda corrente nacional porque só iria trazer vantagens. Em primeiro lugar seria a institucionalização do que já acontece pois, muitos são os estabelecimentos que já aceitam informalmente o euro como pagamento nas trasacções comerciais. Em segundo evitar-se- ia o incómodo de se estar a fazer o câmbio para o escudo caboverdiano. Essa questão que parece insignificante poderia potenciar, a meu ver, o aumento de turistas e investimento directo estrangeiro.

Contudo, a adopção do euro como moeda corrente por parte de Cabo Verde poderá trazer problemas a nível económico e financeiro. O governo terá que ter um grande controlo sobre as contas públicas e sobre a própria economia de forma a evitar as crises. É necessário prevenir a subida dos preços, como aconteceu nomeadamente em Portugal.


De Paulo Moniz Afonso a 28 de Abril de 2008 às 07:18
Concordo plenamente consigo Sr Manuel, mas não seria isso, todos estes eventuais problemas para o governo, suficiente para não aderir mos ao euro?
afinal de contas estes não são apenas meros possiveis efeitos secundarios da adesao mas sim podem ser graves problemas que mts paises nomeadamente africanos enfrentam, que com a nossa moeda conseguimos mais ou menos passar á margem...


De Aderito a 27 de Abril de 2008 às 08:06
Queria antes de mais saudar a todos, ora bem , a moeda euro a circular é praticamente uma realidade em cv, mas será que populaça não quer esta moeda como a nacional ? na minha opinião acho que todos mostram de certa forma um grande interesse de termos essa moeda pois desvantagens não trará até porque cv é um pais que precisa do euro na sua economia, olha grande parte de investimentos directo estrangeiro são da comunidade europeia, a maioria dos nossos visitantes também são dessa comunidade e mt das vezes eles não gastem dinheiro em algumas coisas porque não conhecem bem como funciona o Escudo CV portanto com o euro será mais facial as pessoas conhecerem a realidade da economia crioula .


De Paulo Moniz Afonso a 28 de Abril de 2008 às 07:42
Caro Sr Aderito, sou estudante em pt, e posso dizer que conheço mas ou menos o euro e estou familiarizado com a conversao desta moeda para escudos cv's...mas repare uma coisa
tendo o euro em cv, onde em comparação com a europa ganha se mt pouco, sera que isto nao representa uma perda d poder d compra quando aqui se ganha 600, 700eur em pt e 1500eur em media em frança, em relação áquilo que se ganha em cv? quanto em media? 200eur?


De Natch a 28 de Abril de 2008 às 19:44
Eu não concordo, porque o euro e uma moeda exclusiva de Europa, e nos não somos Europeus, não vamos fazer como outros países fizeram, como a Angola que adoptou ao Dólar, somos cabo-verdianos temos que usar moeda cabo-verdiana, temos que nos valorizar, o que é nosso é nos…


De Anónimo a 7 de Maio de 2008 às 15:02
desculpem lá mas a mim parece-me evidente que seriam muitas as vantagens. Não falando em termos de economia global mas sim na economia individual de cada um viriam muito facilitadas as remessas de dinheiro e pagamentos a fornecedores estrangeiros.
Já na europa muita gente de opôs à moeda única mas de facto os poucos casmurros têm visto a sua própria moeda bastante desvalorizada face ao euro.


De Natch a 28 de Abril de 2008 às 20:01
Antes de mais, boa noite, eu concordo plenamente com o “Paulo Moniz Afonso” o euro em cabo verde seria um “desastre” porque se formos ver em relação a salário mínimo de Portugal e de Cabo Verde em particular, vamos ver uma desvantagem enorme, imaginemos que Cabo Verde se aceita isso, enquanto que aqui alguns se ganham 450€ que é o salário mínimo de Portugal, em Cabo-Verde alguns se ganham 150€ que se for em escudo vai dar mais ou menos 15 contos, como e que estaremos a ganha com isso? Contando que se for escudo e trocarmos ele por euro seria 30 contos portugueses. Assim só estaríamos a perder se adoptarmos o euro como moeda nacional


comentar post

pesquisar

 

pub

tags

todas as tags

subscrever

fotos.sapo.cv

feedback

Uma preciosa ajuda para financiamento e sucesso da...
Este tipo de iniciativas é de valoriza e de repeti...
passaro de fogo   ccorreia87@hotmail.com &nbs...
a resposta é : «Pássaro de Fogo». Lenira, arinel-1...
Artistas de Cabo Verde: Nancy Vieira Manuel de Can...

posts recentes

Vencedores Passatempo Kri...

Passatempo Kriol Jazz Fes...

Passatempo Paula Fernande...

Vencedores Miss West Afri...

Dia do Pai

Passatempo Miss West Afri...

Vencedores Show "De Angol...

Passatempo Show "De Angol...

Passatempo CVMA

Vencedores Passatempo Ceu...

posts populares

arquivo

autores

blogs SAPO